segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Dois Caminhos

"se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seu maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra." (2Crônicas 7.14)

P.S. Senhor, tenho esperança, mas isso não me basta. Sei que é preciso andar nos teus caminhos porque tu és justo e cumpre todas as suas promessas com integridade. É assim que nos mostra a tua palavra através do exemplo de nossos antepassados. O povo de Israel sofreu e padeceu quando não seguiu os teus caminhos, mas me lembro, também, que o Senhor o abençoou e o livrou de perigos quando andava segundo a  tua Palavra.
Ah! Senhor...  A tua lei é tão clara! Os teus caminhos tão seguros! Não vejo por que tomar atalhos que me levem ao pecado. Ainda, assim, perdoa minha teimosia, minha ignorância e faz de mim um servo fiel. Transforma o meu coração e faz de mim um filho perfeito. Por Jesus, amém.
.................................................................................................................................
Ainda que nossa relação com Deus não esteja baseada na troca, está claro que a nossa fidelidade gera frutos. E, também, que a nossa desobediência nos afasta Dele. Há um poema já conhecido de Cecília Meireles que parece nos ajudar a entender a simplicidade de nossas escolhas:


Vivemos escolhendo o dia todo. Com a diferença de que jamais teremos dúvida sobre o que escolher. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário